Skip to content Skip to sidebar Skip to footer

Quer empreender? Você precisa de um Plano de Negócios

De acordo com o Relatório Anual do Global Entrepreunership Monitor de 2020, 23% da população economicamente ativa no Brasil estava engajada em iniciar um novo negócio ou abriu um negócio nos últimos 3,5 anos. Nos Estados Unidos, por exemplo, essa taxa foi de 17%. 

O empreendedorismo é uma das formas de alcançar uma melhor condição de vida, de realizar um sonho. Com uma boa ideia, muito trabalho, pessoas engajadas e um bom planejamento, qualquer um pode abrir um novo negócio.

Um relatório do SEBRAE de 2016 apontou que 42% das empresas fecham as portas em até 2 anos. Por que a mortalidade é tão alta? Um estudo também realizado pelo SEBRAE de São Paulo, em 2014, aponta que a principal causa do fracasso é a falta de planejamento. Nada menos que 55% dos empresários entrevistados não elaborou um Plano de Negócios antes de dar o pontapé inicial.

O Plano de Negócios é a ferramenta básica para que se aprenda de forma mais profunda sobre o negócio que se quer abrir e o mercado em que está inserido e pode fornecer insights valiosos para confirmar o caminho escolhido ou até alterar a sua rota nos negócios.

Vantagens em se preparar um bom Plano de Negócios

O Plano de Negócios ajuda a manter os pés no chão, reduzindo a chance de que os sócios se apaixonem demais pela ideia e percam a objetividade nas suas decisões. Essa é uma ilusão causada pelo excesso de confiança do empreendedor no valor da sua ideia. Ela pode realmente ser boa, mas as que se tornam um Google ou um Uber não são muitas. 

Outra vantagem é que, durante a elaboração do Plano de Negócios, os sócios serão obrigados a mergulhar profundamente no contexto do empreendimento. Isso reduzirá os erros que serão cometidos durante a implantação e poderá trazer insights críticos que potencializarão o valor do negócio, às vezes até alterando por completo a ideia inicial de como agarrar a oportunidade vislumbrada.

Mais vantagem: o Plano de Negócios é uma poderosa ferramenta de comunicação com os diferentes stakeholders e pode ser utilizado para captar financiamento externo de potenciais investidores, pode ser apresentado para potenciais clientes e auxiliar a fechar vendas e também pode servir como meta inicial.

Quando se planeja melhor, suas chances de se ter sucesso serão maiores. Afinal, como diz o grande campeão Mike Tyson, todo mundo tem um plano até levar um soco na cara.